Me abraça logo,amor
"Faz o coração sorrir que o resto se ajeita ."
1 2 3 4 5
THEME POR encantei-me | DON'T COPY + +
“Em uma madrugada fria você é o que eu quero pra dormir de conchinha e fazer planos até o dia clarear.”
— (via garoto-sz)

Que dê certo. Que dê muito certo. Que dê totalmente certo. Que dê mais do que certo. 🙏


Há 4 horas · 2.469 notas · reblog
originally ddengoza · via garoto-sz
“Se tiver que ser os ventos soprarão a favor, o tempo conspirará no que for e nós seremos felizes. Se tiver que acontecer, amor, nem as teorias do contra, nem toda inveja, nem ninguém irá nos separar.”
Fred Medeiros  (via erzdiozese)

“Que por você, tratei de ajeitar as coisas no meu peito como alguém que limpa a casa para receber visitas.”
— Gabito Nunes. (via erzdiozese)

“Não existe cola nem remendos para corações partidos.”
O Diário de Katherine (via velaste)

Há 4 horas · 887 notas · reblog
originally persistia · via velaste
“E quando eu estiver longe, irei te escrever todo dia. E mandar todo meu amor pra você.”
The Beatles (via velaste)

“Meu humor é ácido. Sou irônica, perco a paciência e o interesse em gente que não entende ironias, afinal, não entender ironias é a coisa mais broxante que existe. Tem gente que não gosta desse meu lado. Na verdade, tem gente que não gosta de nenhum lado meu. E agora eu estou entendendo que não tenho obrigação de ser quem todo mundo espera que eu seja. Já dá trabalho ser eu mesmo, imagina ser a pessoa que você quer?”
Clarissa Corrêa (via velaste)

“Ei coração… não faz isso, relaxa, ele só sorriu.”
Diego Castro.  (via te-espero-sempre)

Se decide logo, porque eu não vou te esperar pro resto da vida não.


“Mas aí, daqui uns dias…. você vai me ligar. Querendo tomar aquele café de sempre, querendo me esconder como sempre, querendo me amar só enquanto você pode vulgarizar esse amor. Me querendo no escuro. E eu vou topar. Não porque seja uma idiota, não me dê valor ou não tenha nada melhor pra fazer. Apenas porque você me lembra o mistério da vida. Simplesmente porque é assim que a gente faz com a nossa própria existência: não entendemos nada, mas continuamos insistindo.”
Tati Bernardi.  (via delator)